Sexta-feira, 27 de Outubro de 2006

Muse Esgotam Campo Pequeno

Ainda com o zumbido da ordem, e com a voz algo danificada, será assim que tentarei nos próximos parágrafos, descrever a noite da melhor maneira.
»Flashback«
Concerto Esgotado??!!! Não pude acreditar, a um mês do concerto fui confrontado com uma noticia que me custou a digerir...JÁ ESTÁ ESGOTADO!!!...não acreditei, precisava de 3 bilhetes, e disse a mim mesmo que iria conseguir os mesmos, (sem precisar de esbanjar dinheiro a oportunistas)...FNAC....esgotado....PLATEIA....esgotado... TICKETLINE ....esgotado....esgotado....esgotado
a palavra tardava a desaparecer.. já estava a baixar os braços quando decidi, quase por descargo de consciência , telefonar para a agencia ABEP . Ligo e aquando da minha pergunta ja a adivinhar uma resposta que me perseguia)-"Tem bilhetes para MUSE ?" - me respondem "Claro!"...fiquei parvo! Eu procurei e nada e já em desespero final, alguém do outro lado da linha, me diz com a maior das naturalidades "CLARO!". Não perdi tempo e fui logo lá embora no caminho comecei a pensar se porventura o simpático (direi salvador) senhor, não teria percebido mal, mas ainda bem que eu estava enganado!
»Presente«
Eis que munido de 3 bilhetes para a bancada (eu e mais duas moças tão só as mais importantes da minha vida), me dirijo ao Campo Pequeno.
Vislumbro uma entrada sem ninguém, quando me aproximo e pergunto se era ali, o amável segurança refere com ar de gozo: "Não é aqui mas sim na entrada com bicha!!!!", e eu pensei: "este gajo só pode estar a....." parou, estagnou, etc e tal.....aquilo não era uma bicha eram varias bichas que se perfilavam nos jardins do Campo Pequeno, para uma só entrada. Faltava 15 minutos para o começo do espectáculo e ainda estava cá fora à espera que os zelosos agentes da autoridade verificassem bem, se porventura não haveria por ali algum Osama português, sim porque o português quando quer fazer porcaria, precisa só de umas belas jolas , e essas ja la estavam dentro...
Já com os Poet in Process a actuar, foi uma sorte arranjar um lugar de jeito, mas essa lá apareceu.
Os Poet in Process compostos por Toni S á nchez (guitarra), Natxo (baixo), Lynne Marti (voz) e Dani (bateria) aqueceram o ambiente da maneira que puderam, com algumas boas malhas e boas vibes da vocalista, muito energetica , mas que não despertaram em mim, sinceramente, grande interesse. Eu e muitos outros queriam eram MUSE !
Batiam as 22 horas sensivelmente e eis que o espectáculo ia começar! Os MUSE apresentaram um palco grande...para três membros e um pendura, mas, cheio de atractivos visuais!
»Flashback«
Vi-os na Aula Magna à uns anitos, num excelente concerto, sem grandes efeitos, mas com excelente musica e grande interacção com o publico, típico tambem do ambiente da Aula Magna...
»Presente«
...agora numa sala maior e os então rapazes, parecem uns senhores!
Matthew Belamy (um dos melhores Frontmen da actualidade) voltou a mostrar a sua capacidade multifacetada de partir por completo com a guitarra, despertar com o piano e motivar com a voz, sem perder a energia por um momento que fosse, coisa rara mas não nele. Os seus companheiros no baixo, Chris Wolstenholme , e na bateria, Dominic Howard , acompanham com enorme sagacidade toda a energia libertada por Belamy , completando-a na perfeição!
Os MUSE vinham apresentar o mais recente àlbum Blak Holes and Revelations ", mas era claro que o público mais conhecedor, queria também ouvir os "clássicos". A viagem passou por todos os portos, do inicio da carreira, até ao presente, evidenciando uma banda mais madura, mas fiel aos seus principios .
Gostei particularmente das interpretações de Invisible " (com excelente suporte visual), Starlight " (apresentada por Belamy em excelente português) e
Knights of Cydonia " Proximo single a sair em novembro ), referentes ao novo àlbum , Muscle Museum " do àlbum de estreia Showbiz ", New Born " do àlbum Origin of Symmetry " e de Time is Running out " do àlbum Absolution ".
Foi um concerto em modo de upgrade do da Aula Magna, com muito mais espectáculo, com uma banda cada vez melhor e mais madura. O público correspondeu com igual energia, fazendo deste um espectáculo por completo.

Como nota, refiro que os MUSE foram os grandes vencedores da quinta edição do Musica Digital que decorreu em Londres, Matthew Bellamy , ganhou o prémio de melhor artista de rock o  Best Rock Artist .
sinto-me:

publicado por Nasmaniac às 01:56
link do post | comentar | favorito
|

.Tempo

Click for Lisbon, Portugal Forecast

.pesquisar

 

.Junho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22

24
25
26
27
28
29
30


.Procura na WEB

.posts recentes

. Filme da Mercedes

. Novo Filme da Sky

. Magliner Disponivel para ...

. Publiciade "Sky"

. Publicidade "Groupama"

. Institucional do Exercito

. Institucional para o Exér...

. Mais uma definicao de um ...

. Worten

. Mais um Mac com Simao

.Rádio

.tags

. todas as tags

.links

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim

.posts recentes

. Filme da Mercedes

. Novo Filme da Sky

. Magliner Disponivel para ...

. Publiciade "Sky"

. Publicidade "Groupama"

. Institucional do Exercito

. Institucional para o Exér...

. Mais uma definicao de um ...

. Worten

. Mais um Mac com Simao

.Visitas

Contador
Contador Gratis
SAPO Blogs

.subscrever feeds